SITE DO PROFESSOR MORA
  
 
 
 
CURSO IN COMPANY
Gerenciamento de Projetos Estabelecendo Diferenciais Competitivos :

O objetivo é aprofundar nos conhecimentos de gerenciamento de projetos,apresentando e detalhando as áreas propostas pelo PMI,bem como outras práticas de mercado.Aborda também a construção de um plano de projeto,onde os participantes irão planejar um projeto fictício,englobando:escopo,cronograma, orçamentos, riscos,e atuando no detalhamento do processo de compras,comunicações e qualidade
.
 
contato@professormora.com.br
Imprimir esta páginaAcrescentar aos Favoritos
 
 
 
              
 
 
 
 

RESUMO aula 1

 
TI e Competitividade

Competitividade

- É a capacidade de competir, perpetuar sua atuação de forma sustentável.

- Segundo Michael Porter, há 3 formas de se garantir a sustentabilidade:

- Diferenciação: oferecer produtos / serviços com qualidade ou características superiores, aos olhos do cliente. (ser melhor que o concorrente)

- Liderança em custo: oferecer produtos / serviços com custo menos e com qualidade similar ou aceitável diante ao preço. Deve-se levar em conta todo o mercado.

- Enfoque (nichos): oferecer produtos / serviços para segmentos específicos, focalizando necessidades não atendidas geograficamente ou demograficamente falando.

- lembre-se que há combinação entre as formas. Você pode ser um líder em custo em produtos diferenciados.
 
 
 
                             
 
 

- Forças competitivas:

- Concorrentes: rivalidade entre empresas que já atuam no setor.

- Novos ingressantes: novas empresas que queiram entrar no ramo. Deve-se criar barreiras que impeçam tal entrada.

- Fornecedores: poder de pressão daqueles que antecedem o fluxo produtivo. É vantajoso tornar o fornecedor dependente de você e não o inverso.

- Compradores/clientes: poucos compradores tornar sua posição mais frágil, ao passo que muitos compradores ou uma dependência do cliente ao seu produto a fortalecem.

- Substitutos: facilidade de seu produto / serviço ser copiado e consequentemente substituído pelo da concorrência.

- esse modelo foi concebido para a atividade industrial, mesmo assim ilustra bem as forças.
 
 
 
 
                             
 

Inovação tecnologia e competitividade

- Mudanças que possam melhorar sua posição competitiva.

- Modelo de Venkatraman

- especifico para TI.
 

- Nível evolucionário:

- Exploração localizada: obter ganhos em processos já existentes, eliminando procedimentos manuais, por exemplo.
- Integração interna: eliminação de redundâncias e perda geral nos processos.

- Nível revolucionário:

- Reengenharia de processos: mudança na forma da empresa operar, terceirizando MDO, por exemplo.
- Reengenharia da rede de negócios: mudança dos ‘limites’ da empresa, integrando o processo produtivo, seja com fornecedores ou clientes.
- Redefinição do escopo de negócios: quando uma organização percebe que pode atuar em áreas correlatas, ampliando sua participação no mercado.
 
 
 
                          
 
 
 
Copyright 2007-  HOSPEDAGEM e DESENVOLVIMENTO DE SITES -.Control Direct.